Principais vantagens de ter um programa bilíngue na escola

Escola bilíngue

O Brasil possui terreno favorável para a expansão da educação bilíngue. Hoje, aproximadamente 1,2 mil escolas oferecem o ensino em dois idiomas no país, número que representa apenas 3% do total de instituições em atividade – 184 mil.

Os dados são da Associação Brasileira do Ensino Bilíngue (Abebi). O mercado, inclusive, está em franco crescimento, com aumento acumulado de 10% no quinquênio entre 2014 e 2019.Uma escola que oferece o ensino em dois idiomas ganha reconhecimento pelo seu sistema de educação. De quebra, acaba ganhando uma série de vantagens competitivas.

O diferencial faz brilhar os olhos de pais que buscam uma formação de qualidade acima da média e o melhor desenvolvimento para seus filhos.

Em que consiste o ensino bilíngue

A garantia dos melhores resultados no processo de ensino-aprendizagem de um programa bilíngue passa pela oferta de metodologias, abordagens e materiais didáticos específicos. Isso deve-se à característica imersão completa e envolvente, em que o aluno usa a língua estrangeira como ferramenta de comunicação e estudo de disciplinas como ciências e matemática.

O ensino, na verdade, vai além da linguagem. O modelo educacional bilíngue também contribui para o desenvolvimento de habilidades importantes para o cidadão do século 21. Entre elas, criatividade, flexibilidade, comunicação, colaboração e empatia.

Ainda não existe uma legislação que regre o assunto. No entanto, as Diretrizes Nacionais para a Educação Plurilíngue no Brasil já foram aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) em 2020. Agora, aguardam a homologação pelo Ministério da Educação (MEC).

Vantagens dos programas bilíngues

Existem diferentes possibilidades de ensino bilíngue. Nas escolas regulares, um idioma estrangeiro – como o inglês – é ensinado em uma disciplina específica.

Uma instituição com programa bilíngue, por sua vez, traz a língua para o dia a dia e a vivência dos alunos, fazendo com quem aprendam com mais facilidade e naturalidade. Além disso, garante um aprendizado mais globalizado ao inserir os alunos de maneira imersiva numa nova cultura.

O ensino bilíngue pode começar pela educação infantil, quando os estudantes têm maior facilidade no aprendizado das línguas estrangeiras. O movimento, aliás, agrega uma série de vantagens no seu desenvolvimento. E não é apenas isso: uma escola bilíngue prepara os alunos para disputar melhores oportunidades de trabalho ou dar continuidade aos estudos no exterior – o que é atrativo no mercado educacional, que demanda a oferta de diferenciais competitivos na formação de alunos qualificados.

error: Content is protected !!